Boa comunicação

Explicamos o que é uma boa comunicação, os fatores necessários para realizá-la e quais são suas características gerais.

Uma boa comunicação é necessária para uma troca saudável de ideias.

Como é uma boa comunicação?

A comunicação é uma ferramenta muito importante quando interagimos com outras pessoas. Em áreas tão diversas como família ou trabalho, uma boa comunicação pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso . Uma boa comunicação é necessária para uma troca saudável de idéias e pensamentos .

É um processo dinâmico em que duas ou mais pessoas trocam mensagens e, em muitos casos, a mensagem a ser transmitida é tão importante quanto a forma como escolhemos fazê-lo. Além disso, a comunicação pode ser oral ou escrita, mas em qualquer caso deve seguir algumas orientações para ser de qualidade.

Uma boa comunicação deve ter uma estrutura básica que facilite o entendimento dos ouvintes . Os tópicos devem ser tratados de forma ordenada, relacionando ideias quando necessário, mas evitando saltos temáticos que podem dificultar a compreensão global.

Veja também: Barreiras de comunicação

Características de uma boa comunicação :

  1. Clareza

As idéias devem ser compreendidas sem grande esforço de interpretação.

É muito importante que quando você tenta comunicar algo, isso seja feito de forma clara, ou seja, que a pessoa que recebe a mensagem possa compreendê-la facilmente . Que as ideias sejam compreendidas sem exigir um grande esforço de interpretação por parte do interlocutor.

  1. Concisão

Saber a extensão a ser dedicada à explicação de um tópico específico pode ser o ponto mais importante em uma comunicação. Inclua informações suficientes para destacar todos os pontos-chave , mas não deve ser a ponto de você se cansar ou perder a atenção de outras pessoas.

  1. Coerência

Uma boa comunicação deve ter uma estrutura básica que facilite o entendimento dos ouvintes. Os tópicos devem ser tratados de forma ordenada , relacionando ideias quando necessário, mas evitando saltos temáticos que podem dificultar a compreensão global.

Você pode se interessar por: Apresentação oral .

  1. Simplicidade

Para uma boa comunicação, um vocabulário simples pode ser a chave.

Em muitos casos, a maneira mais fácil de se comunicar de forma clara e concisa é escolhendo as palavras e expressões a serem usadas corretamente. Não é necessário demonstrar nossa cultura , mas que o interlocutor compreenda facilmente as ideias . Para isso, um vocabulário simples, embora rigoroso, pode ser a chave.

  1. Naturalidade

Uma boa comunicação é aquela em que o comunicador consegue transmitir a sua mensagem de forma natural, sem artifícios ou formas elaboradas . Não se deve notar que uma palestra foi preparada e ensaiada com antecedência, embora muitas vezes a única maneira de atingir tal grau de naturalidade seja precisamente ensaiando repetidamente.

  1. Interação

O objetivo número um de qualquer comunicação é manter o interlocutor expectante e atento . Para fazer isso, uma das maneiras mais práticas e úteis é interagir com ele. Envolva-o de alguma forma, fazendo perguntas, levantando várias questões ou permitindo que expresse sua opinião.

  1. Conhecimento

Em uma boa comunicação, a forma é muito importante, mas também o conteúdo . Você pode ter um dom para a comunicação, mas absolutamente tudo o que é dito deve ser verdadeiro e rigoroso. Não é necessário ser um especialista em absolutamente tudo, mas se uma comunicação é feita sobre um assunto, ela deve ser amplamente conhecida.

Veja também: Bom orador .

  1. Linguagem não verbal

A linguagem não verbal pode denotar insegurança, falta de conhecimento ou nervosismo.

Muitas vezes é difícil de controlar, mas a linguagem não verbal pode ser a chave para transmitir uma mensagem de forma eficaz . Pode denotar insegurança, falta de conhecimento ou nervosismo, mas também pode ser útil para estabelecer um vínculo com o interlocutor ou para mostrar proximidade com ele.

  1. Unidade

Uma comunicação de qualidade deve tratar os problemas como uma unidade . Você tem que dar um significado global à apresentação e não falar sobre os diferentes tópicos isoladamente. Você deve seguir uma linha comum e relacionar os conceitos entre si.

  1. Relevância

Ninguém gosta de perder tempo lendo um texto ou ouvindo uma apresentação sobre um assunto pelo qual não tem interesse. Devemos conhecer os destinatários da nossa mensagem e adaptá-la para que as informações fornecidas sejam relevantes para eles.

Leave a Reply