Cidade sustentável

Explicamos o que é uma cidade sustentável e como funciona esse modelo. Além disso, quais são suas características gerais e exemplos.

Cidades sustentáveis ​​equilibram suas necessidades ambientais, sociais e econômicas.

O que é uma cidade sustentável?

Uma cidade sustentável ou cidade sustentável (às vezes autossustentável) é chamada de modelo de centro urbano que faz um uso racional dos recursos naturais e tecnológicos de que sua população necessita.

Essas cidades garantem um ambiente de habitabilidade adequada sem comprometer a estabilidade das futuras gerações de habitantes . Em geral, são cidades capazes de equilibrar suas necessidades ambientais, sociais e econômicas.

A ideia de cidades sustentáveis vem da doutrina do desenvolvimento sustentável , que é a aspiração a uma metodologia de desenvolvimento da sociedade humana que não polua nem destrua o planeta . Desta forma, evita que se torne inabitável para as gerações futuras em troca de riquezas imediatas.

Essa é uma necessidade que surgiu no final do século 20 , quando o impacto ambiental de longo prazo das atividades industriais humanas começou a se tornar evidente . Um exemplo desse impacto são as mudanças climáticas devido à emissão maciça de gases de efeito estufa .

Surge então a ideia de pensar em cidades autossustentáveis, ou seja, modelos de cidade que reduzam sua carga ambiental e se preocupem com sua durabilidade ao longo do tempo .

Veja também: Sustentabilidade

Desenvolvimento sustentável

O esgotamento das matérias-primas é uma bandeira vermelha. 

O desenvolvimento sustentável é uma necessidade para a humanidade pós-industrial , que começa a entender seu modelo tradicional de desenvolvimento como inviável.

Consiste na exploração indiscriminada dos recursos naturais e danos contínuos ao ecossistema mundial.

O esgotamento das matérias-primas , o desequilíbrio ecológico e as mudanças climáticas são sinais de alerta.

Essa situação se agravará se não houver alteração nos níveis de emissão de gases de efeito estufa ( CO 2 , CH 4 , etc.) principalmente devido à queima de combustíveis fósseis.

Isso significa que um novo modelo de atividade industrial , de transporte coletivo e principalmente de geração de energia elétrica se faz necessário , o que constitui um verdadeiro desafio para a humanidade contemporânea.

Modelo de cidade sustentável

Não existe um ideal de cidade sustentável , nem um único modelo ao qual devam aderir. Ao contrário, cidades sustentáveis ​​são aquelas que alcançam seu próprio modelo, seu próprio caminho rumo à autorregulação e ao desenvolvimento sustentável. Eles levam em consideração os fatores determinantes específicos e, às vezes, exclusivos de sua geografia , população e história .

Como funciona uma cidade sustentável?

O deslocamento na cidade deve ser feito da melhor maneira possível.

Uma cidade sustentável é governada em princípio pelas seguintes diretrizes:

  • Direitos iguais . Os cidadãos de uma cidade sustentável têm direitos iguais em questões fundamentais como o acesso à saúde e educação , o gozo de um habitat saudável que não ameace a saúde e uma convivência digna sem superlotação, miséria ou violência.
  • Trânsito ecológico. A movimentação dos cidadãos na cidade deve ocorrer da melhor forma possível, minimizando a queima de combustíveis poluentes e, eventualmente, o custo da energia elétrica. Isso requer investimento em novos materiais e a busca por modelos urbanos que permitam o uso de bicicletas, que minimizem a necessidade de carros próprios e que sejam eficazes em seus mecanismos massivos (metrô, ônibus, trens, etc.).
  • Uso racional de recursos. Isso não aponta apenas para combustíveis, mas para o descarte de esgoto , exploração madeireira indiscriminada, expansão urbana incontrolável e inundações de rios, etc. As cidades não podem crescer para sempre sem preservar os espaços verdes e manter um certo equilíbrio com os espaços rurais .
  • Os três R’s. Uma cidade sustentável deve educar sua população para reduzir materiais poluentes e evitar o desperdício de energia; para o reaproveitamento de materiais que não precisam ser comprados novamente; e para a reciclagem de resíduos que não devem ser misturados com resíduos líquidos e biodegradáveis. Nesse sentido, é necessária a formação de uma cidadania global.

Chaves para alcançar a sustentabilidade

Os jardins verticais são uma forma de integrar a natureza na paisagem urbana.

Algumas chaves para alcançar uma cidade sustentável foram discutidas, tais como:

  • Preserve o público. Praças, parques e espaços para caminhadas e intercâmbios são vitais na cidade global, para evitar o peso dos infernos de concreto. Não só porque geralmente envolvem pulmões vegetais que melhoram a qualidade do ar , mas também porque facilitam o encontro entre vizinhos e promovem o esporte .
  • Urbanize compactamente. Simplificando, as cidades não podem crescer para sempre e algumas podem ter crescido maiores do que o conveniente. O modelo de cidade global deve ter como objetivo a compactação, ou seja, a densidade, para que as cidades não exijam tanto investimento em transporte.
  • Retire o centro. A cidade do futuro deve resgatar uma determinada identidade e manter seu centro vivo, historicamente preservado, para oferecer aos cidadãos uma dinâmica cultural própria, forjando uma identidade e evitando o anonimato das grandes cidades.
  • Garanta a qualidade do ar. Pulmões vegetais e aberturas para o fluxo de ar são essenciais para a vida urbana sustentável. Desta forma, evita-se a concentração de smog que pode ter consequências negativas para a saúde.
  • Integre a natureza. Uma cidade não deve ser um sistema contrário à natureza do planeta, mas integrada a ele. A ideia não é dev>florestas , litoral, áreas silvestres , etc.
  • Energia limpa. A chave para o futuro está, todos dizem, em uma nova forma de obtenção de energia , que não polui tanto quanto os combustíveis fósseis. Já existem grandes investimentos em energia eólica, hidrelétrica, solar ou geotérmica , cada qual com suas próprias unidades e necessidades.

Depósito de lixo

Um dos grandes problemas das cidades é a enorme quantidade de lixo que geram . E ainda pior se não for separado entre elementos recicláveis ​​e biodegradáveis.

Qualquer cidade que se orgulha de ser amiga do meio ambiente deve implementar medidas (em muitos casos impopulares) para reduzir o desperdício , bem como medidas importantes de saneamento e reaproveitamento de esgoto.

Superpopulação

Mais população significa menos espaços verdes e mais poluição.

Outra grande desvantagem das cidades de hoje tem a ver com o crescimento global da humanidade, que hoje ultrapassa 7 bilhões de pessoas .

Metade da população vive em grandes centros urbanos , principalmente no Oeste . Estima-se que em 2050 esse número representará dois terços da humanidade.

Pode servir a você: População rural e urbana

Certificação de sustentabilidade

Nas comunidades que atendem a determinadas portarias nesse sentido, recebem um certificado de sustentabilidade. Pode ser concedido pelo governo central ou comitês internacionais . É uma prova de seus esforços para preservar a vida urbana para o futuro.

Cidades sustentáveis ​​e o terceiro mundo

A sustentabilidade não é uma prioridade nos países do terceiro mundo. 

Um dos grandes desafios da sustentabilidade urbana é constituído pelas cidades do « terceiro mundo» . Seu desenvolvimento tardio implica na incapacidade de cumprir importantes regulamentações e medidas ambientais.

Isso porque não são prioridade diante de situações muito mais imediatas : miséria urbana, altos índices de criminalidade, democracia incompetente, violência, crise socioeconômica, etc.

A ONU e as cidades sustentáveis

Um dos grandes promotores do desenvolvimento sustentável nas cidades é a ONU e, principalmente, seu Programa de Desenvolvimento. Entre seus objetivos está a transformação do ambiente urbano global.

O seu objetivo é promover uma mudança gradual para sociedades mais igualitárias , com maior proteção para os fracos e que se comprometam ativamente a reduzir o seu impacto ambiental negativo.

Mais informações sobre isso aqui .

Exemplos de cidades sustentáveis

Copenhagen é uma das cidades mais sustentáveis. 

As cidades mais ecológicas do mundo são atualmente:

  • Copenhague, Dinamarca.
  • São Francisco, EUA.
  • Reykjavik, Islândia .
  • Toronto Canadá.
  • Melbourne, Austrália.

Leave a Reply