Investigação de mercados

Explicamos o que é pesquisa de mercado, seus objetivos e classificação. Além disso, quais são seus recursos, aplicativos e muito mais.

A pesquisa de mercado faz parte dos procedimentos de marketing.

O que é pesquisa de mercado?

A pesquisa de mercado consiste em uma análise do comportamento do meio ambiente e dos consumidores de um segmento específico de mercado . Seu objetivo é oferecer uma compreensão abrangente e detalhada dos recursos disponíveis, pontos fortes e fracos de uma empresa ou organização que atua neste mercado.

Geralmente faz parte dos procedimentos usuais de marketing , a ponto de constituir hoje uma disciplina em si. O seu desenvolvimento deve-se ao facto de o mundo industrial e empresarial contemporâneo ser extremamente competitivo.

Para atingir seus objetivos, conta com conhecimentos das mais diversas ciências e áreas do conhecimento. Entre eles estão psicologia , antropologia , economia , estatística, ciências da comunicação , entre outros.

Veja também: Análise SWOT

História da pesquisa de mercado

Inicialmente, eram pesquisas de rua para jornais.

O nascimento desse campo de estudo geralmente está localizado nos Estados Unidos na década de 1920.

Está ligada à chamada Era de Ouro da radiodifusão , que desencadeou uma guerra publicitária em vários nichos comerciais do país.

Inicialmente, tratava-se de mecanismos de levantamento de rua sobre o consumo de publicidade visual em revistas e jornais .

À medida que o campo da publicidade cresceu em diversidade e complexidade, novas ferramentas como a pesquisa por telefone foram incorporadas . Atualmente existem recursos tão inovadores quanto o monitoramento da atividade online .

Objetivos da pesquisa de mercado

Toda pesquisa de mercado visa realizar uma análise completa e exaustiva dos elementos essenciais de um nicho de mercado. Com essas informações, permite que uma determinada empresa tome as decisões ideais ao investir em suas estratégias de marketing.

Uma pesquisa de mercado representa uma abordagem diversa, completa e precisa do comportamento de um mercado-alvo. Para fazer isso, ele se baseia em suas características específicas.

Classificação de pesquisa de mercado

A pesquisa quantitativa fornece informações representativas do nicho de mercado.

A pesquisa de mercado pode ser de vários tipos, dependendo de sua natureza, por exemplo:

  • Pesquisa qualitativa . Dedicados à exploração, eles determinam as principais características do componente humano do mercado, como gostos, preferências, atitudes, etc. Para isso é baseado nos aspectos geográficos, demográficos, psicológicos, etc. da população consumidora. É particularmente útil como ponto de partida para pesquisas futuras, pois limita e restringe o campo de estudo.
  • Pesquisa quantitativa. Fornece informações representativas do nicho de mercado. Permite projeções sobre o universo do consumidor, oferecendo respostas mais próximas da realidade, sobre o que acontece, como acontece, quanto, onde etc. Seu idioma principal é o numérico e a estatística sua principal ferramenta.
  • Investigações de campo. Focado na descrição objetiva (em dados hard e também percentuais) do comportamento do mercado, ou na verificação de hipóteses de consumo, permitindo explicar determinados fenômenos. É o aspecto “científico” da pesquisa de mercado, basicamente.
  • Investigações do gabinete. É conhecido por esse nome por aqueles que recolhem os dados internos e externos da empresa, bem como pelos estudos anteriores sobre o nicho. Eles produzem um acervo documental que pode tanto facilitar quanto desencadear outros tipos de investigações.
  • Investigações operacionais. Focado na tomada de decisão e na aplicação de segmentos e ferramentas matemáticas para a descrição, solução e definição de problemas específicos do nicho de mercado e, principalmente, do funcionamento da empresa.
  • Investigações de publicidade. Aquelas que tratam da rota da informação publicitária dentro do nicho de mercado, sua eficácia , sua percepção pelo consumidor e sua eficácia. Tem como foco o modelo comunicativo que se aplica à promoção de bens e serviços da empresa, bem como ao seu acompanhamento nos meios de comunicação de massa.

Processo de pesquisa de mercado

Para desenvolver uma pesquisa de mercado, as seguintes etapas básicas são consideradas:

  • Defina e descubra o problema. Estabeleça quais necessidades devem ser atendidas e de que maneira.
  • Projete a investigação. Atender às necessidades determinadas pela compreensão e apresentação da natureza do problema.
  • Coleta de dados ou amostragem. Análise de uma amostra representativa ou uma encenação do conteúdo do problema, se aplicável.
  • Análise e processamento de dados. Aplicação de metodologias, referenciais teóricos e ferramentas conceituais, como a matemática , por exemplo.
  • Conclusões e redação do relatório. Compreensão do que foi obtido e projeção de possíveis e eventuais soluções a partir do que foi coletado.

Por que a pesquisa de mercado é importante?

A pesquisa de mercado permite um planejamento adequado.

O valor da pesquisa de mercado está em sua utilidade ao tomar decisões estratégicas ou planejar uma campanha de marketing. Podem até oferecer a possibilidade de conhecer o nicho-alvo antes de decidir investir em sua exploração.

É uma ferramenta de diagnóstico . Como em outros segmentos da atividade humana, permite um planejamento adequado e revela informações valiosas para todos os tipos de empreendedorismo .

Como a pesquisa de mercado é aplicada?

A pesquisa de mercado é útil ao fazer estudos de negócios.

Do ponto de vista empresarial, a pesquisa de mercado é necessária para a formulação de estratégias nas seguintes áreas:

  • Análise do consumidor. Motivações , usos, atitudes, tradições, tipologias e estilos de vida, imagem e posicionamento de marca, satisfação geral e específica.
  • Eficácia da publicidade.  Prétestes e pós- testes de publicidade , rastreamento de publicidade , análise de ferramentas de comunicação em geral.
  • Análise de produto. Teste de conceito, sensibilidade ao preço, embalagem, produto, marca e testes multi-conceito-multi-atributo.
  • Estudos comerciais.  Áreas de influência, imagem dos estabelecimentos comerciais, comportamento do comprador in loco , canais de distribuição, pontos de venda.
  • Meios de comunicação.  Público na mídia, eficácia dos suportes, formatos e conteúdos, redes sociais e estudos institucionais.
  • Monitoramento e controle. Aplicação dos resultados à empresa e verificação das alterações obtidas, se aplicável.

Elementos fundamentais de uma investigação de mercado

Todas as pesquisas de mercado prestam atenção aos vários fatores em um determinado ambiente de mercado, considerados em três áreas principais:

  • Clientes. Tudo isso se refere aos compradores dos bens ou serviços oferecidos dentro do nicho de mercado, bem como seu comportamento de consumo, suas preferências, suas qualidades culturais, etc.
  • Concorrentes. Tudo o que se refere à competição, ou seja, a atuação das empresas rivais no nicho, do ponto de vista mais objetivo possível.
  • Mercado. Tudo relacionado à natureza local do nicho, relacionado ao seu desenvolvimento histórico, suas características geográficas e econômicas, etc.; tudo independente do comportamento empresarial.

Ferramentas usadas por pesquisas de mercado

Pesquisas permitem conhecer as opiniões e hábitos dos consumidores.

As ferramentas de uma investigação serão definidas pela sua natureza e pelo método com que abordará especificamente o problema, algumas das mais frequentes são:

  • pesquisas Realizadas pessoalmente, por telefone  ou por outro meio eletrónico, são reuniões mais ou menos privadas com diversos tipos de consumidores numa selecção aleatória, para conhecer as suas opiniões e hábitos de consumo.
  • Grupos de foco. Também chamadas de técnicas focais ou grupos focais, são sessões de discussão sobre o consumo entre um entrevistador e vários entrevistados, escolhidas com base em suas tendências de consumo.
  • Comprador misterioso. É uma técnica de infiltração de consumo, na qual um entrevistador se faz passar por um cliente para coletar informações que de outra forma seriam inacessíveis.
  • Observação in situ. Um observador imparcial e neutro está localizado em um ambiente de consumo para coletar informações tão objetivas quanto possível sobre o comportamento comercial de uma marca ou de um estabelecimento.

Erros comuns de pesquisa de mercado

Alguns dos erros mais comuns ao enfrentar esse tipo de investigação são:

  • Contar apenas com fontes secundárias, ou seja, com conteúdos já publicados e bibliografia disponível, sem ir ao real.
  • Use apenas recursos online, uma vez que o comportamento online e offline dos consumidores costuma ser radicalmente diferente.
  • Entreviste apenas o meio social imediato, distorcendo os dados recebidos, pois parte de um viés inicial.

Exemplos de pesquisa de mercado

Aqui estão dois exemplos de uma pesquisa de mercado completa:

Leave a Reply