Democracia participativa

Explicamos o que é a democracia participativa, como se originou e seus objetivos. Além disso, quais são suas características. benefícios e muito mais.

A democracia participativa geralmente envolve referendos ou consultas populares.

O que é democracia participativa?

A democracia participativa é designada por uma forma de governo democrático que envolve os cidadãos na tomada de decisões , ao mesmo tempo que mantém as estruturas de representação do Estado . Em outras palavras, é um modelo intermediário entre a democracia representativa e a democracia direta .

A participação dos cidadãos neste tipo de democracias pode ser determinada por vários fatores e pode ser devido a diferentes metodologias. No entanto, geralmente envolve referendos ou consultas populares , bem como participação aleatória em funções do Estado, entre outros.

A democracia participativa é freqüentemente vista como uma opção viável para superar as dificuldades da democracia representativa.

Veja também: Partidos Políticos

Origem da democracia participativa

A democracia ateniense é o ancestral direto da democracia participativa.

A democracia tem origem na Grécia Antiga , onde ocorreu de forma direta.

Este sistema desenvolveu-se particularmente na cidade de Atenas , onde cada cidadão estava envolvido no exercício do poder.

Essa democracia foi o ancestral direto da democracia participativa .

Este último tenta resolver os dilemas da democracia representativa , ou seja, aquela em que os representantes políticos são eleitos para tomar decisões em nome do povo.

Pode servir a você: Democracia Ateniense

Objetivo da democracia participativa

O objetivo dessa forma de governo é justamente resolver os problemas políticos derivados da representação , que têm a ver com a corrupção, as agendas individuais ou a distância que se constrói entre as decisões dos representantes e as necessidades daqueles que representam.

Por exemplo, esta democracia mais direta impede a criação de uma classe política . Por outras palavras, substitui ex officio políticos e gestores por cidadãos, em muitas áreas da vida pública.

Formas de participação

A promoção da participação cidadã pode ocorrer por meio de incentivos.

Para fazer com que os cidadãos participem da gestão do Estado, a democracia participativa promove:

  • Formulários de tomada de decisão. Incorporar o voto cidadão na eleição de seus representantes, mas ao mesmo tempo manter os espaços institucionais abertos para que as pessoas possam fazer perguntas e saber o que significam as decisões políticas.
  • Formas de execução das decisões. Através da descentralização e descongestionamento das instituições, promovendo a própria organização da sociedade civil.
  • Controlador Social. Oferecer aos cidadãos a possibilidade de garantir o cumprimento das promessas políticas, fiscalizando a execução das políticas e, assim, poder corrigi-las, melhorá-las ou rejeitá-las.
  • Promoção da participação cidadã. Por meio de apoios e incentivos à organização popular, como ocorre em jornais , rádios e publicações comunitárias, democratizando o acesso à comunicação .

Diferenças com sistema representativo

A diferença mais substancial entre as duas formas de democracia reside no fato de a participativa buscar incorporar os cidadãos ao exercício do poder . Evita-se assim torná-lo uma testemunha passiva do que a classe política decide. Nesse sentido, representa um passo em direção à democracia ateniense ou direta da antiguidade.

Ao contrário, a democracia representativa se sustenta com base em um critério mais prático: a população é muito numerosa para >no sistema representativo, o povo governa apenas por meio de seus representantes , escolhidos livremente.

Vantagens da democracia participativa

A democracia participativa promove um ambiente mais igualitário.

Algumas das características positivas da democracia participativa são:

  • Maior controle do cidadão sobre o desempenho da classe política e tomada de decisão mais informada sobre os interesses de quem se beneficia ou sofre.
  • A transparência nas questões políticas é promovida e o isolamento dos processos políticos, ou seja, as “caixas pretas”, é evitado.
  • É promovido um ambiente participativo e mais igualitário que não considera os políticos como uma elite.

Desvantagens da democracia participativa

Alguns dos pontos fracos da democracia participativa são:

  • A possibilidade de não haver parlamento oferece menos espaço para debates nacionais, o que é vital para a democracia.
  • As maiorias poderiam oprimir mais facilmente as minorias, uma vez no controle das instituições.
  • A tomada de decisões leva muito mais tempo do que na democracia representativa, e a sociedade muitas vezes pode se tornar burocratizada.

Mecanismos de participação

Os mecanismos variam enormemente por cultura.

A participação cidadã, por não ser direta, é gerida em um estado intermediário que acompanha o desempenho das instituições e dispõe de ferramentas para a realização de reclamações, rejeições ou correções . Use canais de comunicação como mídia comunitária, governo aberto ou mesmo comunicações digitais.

O referendo e a consulta pública são instrumentos de uso corrente nestas democracias, para que o voto exprima a opinião da maioria sobre as decisões sensíveis. No entanto, o método exato pelo qual cada governo exerce sua democracia participativa varia muito de acordo com a cultura , a história e outras características da sociedade.

Democracia representativa

Um parlamento representa aqueles que votam nele para eleger seus legisladores.

A democracia representativa se organiza em torno da ideia de eficiência: é impossível que nas sociedades maioritárias o exercício do poder político organizado seja dado diretamente pelos cidadãos. É por isso que a  participação ocorre por meio de órgãos representativos .

São os próprios cidadãos que conferem a estes órgãos a representatividade necessária para a tomada de decisões em seu nome. Por exemplo, um parlamento representa aqueles que votam nele para eleger seus legisladores , que por sua vez tomarão suas decisões em nome de todos.

Democracia direta

Na democracia direta, os cidadãos devem aderir ao próprio trabalho da administração do Estado . O acaso determina que ocupem cargos burocráticos e executivos quando necessário.

Para distribuir as funções, os gregos antigos usavam um mecanismo de loteria para descobrir quem ocuparia temporariamente um cargo público. A forma democrática pode ser considerada oposta à representativa.

Países com democracia participativa

O governo suíço permite o surgimento de legislação popular.

Um caso típico de democracia participativa é a Suíça , cujos mecanismos de participação são organizados com base nos cantões em que o país está dividido. Por meio de referendos ou consultas populares, as pessoas podem balizar a política do Executivo .

Da mesma forma, é permitido o surgimento de legislação popular , que, se houver assinaturas suficientes, pode levar suas propostas aos órgãos governamentais.

Leave a Reply