Direção estratégica

Explicamos o que é o direcionamento estratégico e as etapas que apresenta seu processo. Além disso, quais são suas características e importância.

A direção estratégica é a chave para uma organização alcançar o sucesso.

O que é direção estratégica?

Gestão estratégica é o processo de tomada de decisões e ações que uma organização implementa para a gestão de suas atividades, a fim de cumprir seus objetivos . As empresas estão constantemente enfrentando novos desafios devido às mudanças no mercado e ao surgimento de novas tecnologias ou novas legislações. A gestão estratégica permite que a organização se adapte às mudanças no ambiente e seja capaz de se manter ao longo do tempo .

O papel do gerenciamento estratégico é coordenar três estágios principais: definição de seus objetivos, planejamento (quais recursos você precisa para atingir seus objetivos) e implementação (colocar seus objetivos em ação). Este processo de tarefa é fundamental para que uma organização alcance o sucesso e mantenha um rumo definido, para além dos momentos de crise ou de problemas inesperados que possam surgir.

Veja também: Idéia de negócio .

Processo de gestão estratégica

No planejamento, os recursos necessários para atingir os objetivos são identificados.

O processo de gestão estratégica consiste em três etapas principais:

  • Definição dos objetivos. A primeira coisa que uma empresa deve fazer para se organizar é definir claramente seus objetivos. São metas alcançáveis ​​que nortearão as atividades da empresa e que podem ser de curto, médio e longo prazo. Desta forma, a empresa poderá estabelecer a sua missão (qual é a sua atividade), visão (aspirações da organização) e valores (princípios e virtudes que a caracterizam e que a diferenciam das demais empresas da sua categoria).
  • Planejamento dos objetivos. Uma vez que os objetivos foram estabelecidos, é necessário identificar quais recursos a organização necessita para alcançá-los (recursos materiais e humanos). Além disso, a empresa deve analisar a situação do mercado para conhecer sua posição e seus concorrentes, a fim de detectar pontos fortes (vantagens competitivas) e pontos fracos (aspectos a melhorar).
  • Implementação dos objetivos. A implementação dos objetivos é um documento escrito, que funciona como um guia, e que detalha os diferentes planos para cada setor da organização, ou seja, atribui diferentes tarefas, determina os insumos necessários, estabelece horários de trabalho , entre outros, para encomendar o trabalho de toda a empresa.

Características da direção estratégica

É importante manter uma comunicação fluida com os responsáveis ​​por cada área.

A gestão estratégica é caracterizada por ter um líder visível , como o CEO de uma empresa, que é responsável por transmitir a todas as áreas da organização as diferentes diretrizes estratégicas e reportar as conquistas alcançadas. Para isso, é importante que você mantenha uma comunicação fluida com os responsáveis ​​de cada área, a quem você deve manter motivado e orientado para que transmitam a mesma mensagem aos demais integrantes da organização.

As ações da direção estratégica têm impacto global em toda a empresa, ou seja, exerce influência tanto internamente (em todas as áreas da organização) como externamente (no que diz respeito à sua imagem no mercado). É imprescindível que, após a conclusão das três etapas do processo de gestão estratégica, seja avaliado em que medida os planos foram bem-sucedidos , para a realização de mudanças ou melhorias, quando os resultados esperados não são produzidos.

Pode interessar a você: Negócio de sucesso .

Importância da direção estratégica

A análise SWOT determina os recursos e habilidades que serão eficazes.

O direcionamento estratégico é importante para gerir a organização de forma otimizada , permitindo-lhe atingir os seus objetivos, que podem ser benefícios financeiros e não financeiros, e garantir a sua permanência no mercado a longo prazo. A falta de comunicação interna, a cultura corporativa negativa, o desconhecimento do mercado ou dos concorrentes, a falta de adaptação a situações de crise, entre outros, podem prejudicar o plano de gestão estratégica.

Uma das ferramentas mais utilizadas pelas corporações para desenvolver e t>análise SWOT (Análise de Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças), que ajuda a determinar se os recursos e habilidades da organização serão eficazes para realizá-la. forma competitiva. Esta ferramenta permite analisar o funcionamento da empresa a nível global, ou seja, desde o seu funcionamento interno ao contexto em que está inserida (que abrange questões culturais, sociopolíticas e económicas).

Leave a Reply